24/07/2015

A carta que nunca enviei.

       Olinda,20 de julho de 2015 


 Oi , estou escrevendo da forma mais informal possível , sabendo que não há frescuras entre nós!Começo pedindo desculpas se ao ler essa carta ficar confusa , são tantas as informações e mudanças, mas  queria mesmo é dizer que estou bem , que o ensino médio já acabou e que estou no 3° ano da faculdade , cursando Psicologia.
Sim, foi tudo muito rápido!
Desde então não pego mais o mesmo ônibus nem faço a mesma rota ,aliás tenho caminhado mais. 
Meus pais estão bem , ainda que tenham saudades suas.Além disso, adotamos 3 cachorros e nossa casa está uma alegria só ,vale dizer que ainda moro no mesmo lugar, uma pena não ter dado tempo de você vir aqui;Há dois anos criei um blog.Agora passo  mais tempo na internet , os celulares cresceram e andam cheios de coisas e distrações .Mas olha ,ainda prezo uma conversa olho a olho , você sabe que pra mim essas coisas sempre serão as mais importantes.
 
Sobre os meus amigos?Tanta gente saiu da minha vida, mas as meninas , as nossas velhas conhecidas continuam aqui comigo mesmo com a  falta tempo ou rumo diferentes. As coisas andam difíceis por aqui  ,as pessoas são rasas ,isso exige de mim muita força para lidar de frente com elas . Vez ou outra  aparece alguém que faça diferença , são poucas para ser sincera, mas não vou reclamar. 
Você iria se espantar ao me ver de cabelos soltos e naturais,vou confessar que isso ajudou muito o meu novo modo de vestir , agora pra mim não há regras além de olhar no espelho e me sentir bem. Peço que fique tranquila pois a minha essência continua a mesma,ser sincera e contestar as coisas ainda são os meus esportes favoritos. Prometi não mudar isso. Por você,por mim e por quem mais precisasse.Ampliei meus gostos musicais,mas ainda continuo escutando nossas músicas, isso me ajuda a entrar em um mundo nostálgico que é só meu. 
Tinha andado muito triste esses dias , esse é o motivo da carta , mas aí lembrei de  quando você me falava ''Para com isso!Você é a pessoa mais feliz que eu conheço!'', ao lembrar disso sorri.Tive de concordar . Você tem sempre razão!                                                
                                                  Com carinho da sua amiga,Kamyla.




Esse post é uma carta Póstuma.
Dedicada a Jacque
Morta em 2010 
vítima de feminicídio.


Nenhum comentário:

Postar um comentário